Uma coleção de sonhos e “uma história de muitas histórias”

Uma coleção de sonhos e “uma história de muitas histórias”[1] A partir da leitura de Benjamin (1994, 2011) e de Dantas (2009) pode-se refletir sobre a experiência da criação de imagens na composição de um colecionador. Na galeria de objetos (muitas vezes simples objetos do cotidiano) formam-se coleções que envolvem imagens, cores, materiais, objetos mágicos, … Continue lendo Uma coleção de sonhos e “uma história de muitas histórias”

Do Mundo VUCA para o Mundo BANI

Sim, estamos deixando o Mundo VUCA!!! Aquele mundo repleto de: Volatility (Volatilidade) = com mudanças constantes e em maior velocidade do que no passado;Uncertainty (Incerteza) = falta de previsibilidade;Complexity (Complexidade) = dificuldade em compreender o contexto geral de uma situação ou interação;Ambiguity (Ambiguidade) = falta de clareza e imprecisão da realidade. Rapidamente, para quem ainda não conhecia o mundo … Continue lendo Do Mundo VUCA para o Mundo BANI

Livro: A Sociedade em Rede – vol 1

Uma semana dedicada a leitura 😉 A dica de hoje: livro A Sociedade em Rede Autor: Manuel Castells São Paulo: Paz & Terra, 2016 Apresentação: Este tomo busca esclarecer a dinâmica econômica e social da nova era da informação. Baseado em pesquisas feitas nos Estados Unidos, Ásia, América Latina e Europa, este livro procura formular uma teoria … Continue lendo Livro: A Sociedade em Rede – vol 1

Livro: #selfies: subjetividade e tecnologia

Uma semana dedicada a leitura 😉 A dica de hoje: livro #selfies: subjetividade e tecnologia Autora: Sandra Portella Montardo Editora Sulina, 2018 Apresentação: Selfies estão por toda a parte. Pela facilidade que se tem em capturar, editar e compartilhar esse tipo de imagem, na maioria das vezes, por meio de smarthphones, as selfies passaram a constituir uma … Continue lendo Livro: #selfies: subjetividade e tecnologia

Livro: A individualidade numa época de incertezas

Uma semana dedicada a leitura 😉 A dica de hoje: livro A individualidade numa época de incertezas Autores: Zygmunt Bauman e Rein Raud Rio de Janeiro: Zahar, 2018 Apresentação: Como surge a individualidade? Será que ela segue o mesmo padrão em diferentes pessoas e culturas? Ou é uma construção sociocultural que não pode ser entendida … Continue lendo Livro: A individualidade numa época de incertezas

Livro: A Condição Humana

Sugestão de leitura: A Condição Humana livro da filósofa alemã Hannah Arendt publicado em 1958. Uma de suas principais obras teóricas, é um relato histórico, antropológico e filosófico da existência humana em sociedade, desde a Grécia Antiga até a Europa moderna. Segundo Arendt (2007, p. 15) a condição humana está relacionada a três atividades labor,  trabalho e ação: "O labor é a atividade correspondente ao processo … Continue lendo Livro: A Condição Humana

O preço do tempo – práticas da cultura de consumo na juventude contemporânea

Esta semana será dedicada aos estudos de consumo e tempo. O artigo de hoje foi apresentado em 2014. Veja uma parte da Introdução: No âmbito da sociedade contemporânea, as práticas de consumo cotidianas constituem um diversificado movimento com conexões e desconexões da relação estabelecida entre o tempo, o consumidor e o mundo. E, neste contexto … Continue lendo O preço do tempo – práticas da cultura de consumo na juventude contemporânea

A Memoria e o Sensível

A partir das leituras de Rouchou (2009), Candau (2010), Rocha e Eckert (2013) pode-se refletir sobre as experiências e as articulações da memória do sensível e campos do imaginário. Busca-se articular estas discussões conceituais através da análise do filme O Céu de Lisboa[1] (Lisbon Story, Wim Wenders, 1994). O imaginário cinematográfico tem a seu dispor … Continue lendo A Memoria e o Sensível

Break digital na campanha mercadológica da marca “Kit Kat”

O artigo de hoje foi apresentado no SBECE/ SIECE 2015. Ele foi escrito com a Profa. Dra. Saraí Patrícia Schmidt Veja uma parte da Introdução: O consumo se articula ao modo de vida cotidiana como um processo imprimindo intensidades de sensações e experiências, a partir de suas vinculações materiais, midiáticas e simbólicas, suas relações sociais … Continue lendo Break digital na campanha mercadológica da marca “Kit Kat”

A linguagem e o conhecimento na vida quotidiana

Verdadeiras intenções: “A realidade da vida quotidiana não é apenas preenchida por objectivações; cia só é possível graças a elas. Estou sempre rodeado por objetos que "proclamam" as intenções subjectivas dos meus semelhantes, embora possa às vezes ter dificuldade em saber ao certo o que um objecto particular está a " proclamar", em especial se … Continue lendo A linguagem e o conhecimento na vida quotidiana

A Realidade da Vida Quotidiana

Fundamentos do conhecimento na vida quotidiana: “Antes, portanto, de empreendermos a nossa tarefa principal, devemos tentar esclarecer os fundamentos do conhecimento na vida quotidiana, a saber: as objectivações dos processos e significados subjectivos, sobre os quais é construído o mundo intersubjectivo do senso comum”, p. 32. Ter consciência das múltiplas realidades: “Dito de outro modo, … Continue lendo A Realidade da Vida Quotidiana

Bem-vindos de volta ao caos

Filósofo, antropólogo, semiólogo, mas sobretudo amante da provocação. Desde esse lugar, este especialista em cultura e meios de comunicação analisa como as novas tecnologias impactam na sociedade atual. “A digitalização é a máquina que está reconfigurando os seres humanos”, diz. E explica porque esse caminho leva de novo ao caos. É reconhecido como um dos … Continue lendo Bem-vindos de volta ao caos