Renner vai lançar novo modelo de loja com foco na economia circular

Da série: existe venda além da loja física? E a loja física também deve se reinventar 😉

A rede de varejo de moda Renner vai inaugurar, no último trimestre de 2021, um novo modelo de loja. A unidade deve reduzir em cerca de 55% a utilização de água, além de atacar a geração de resíduos e adotar mobiliário circular.

Com 600 lojas em operação, a empresa vem apostando no conceito de circularidade e omnicanalidade em seus pontos de venda físicos. Em outras palavras, a ideia é oferecer uma experiência de compra mais sustentável e inovadora, incorporando premissas de economia circular, uso de materiais sustentáveis e diminuição na geração de resíduos.

Após trabalho de pesquisa, desenvolvimento e estudos de viabilidade junto a fornecedores e parceiros, o projeto nasceu em 2019 e vai sair do papel com a reinauguração da loja situada no shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro.

“A Renner tem uma sólida estratégia ESG, com iniciativas voltadas para a produção de peças menos impactantes, redução das emissões de CO2, consumo de energia limpa e eficiência energética. Agora, avançamos ainda mais ao ampliar a presença de atributos de circularidade no ponto de venda, de forma pioneira no mercado”, afirma o diretor-presidente da Lojas Renner, Fabio Faccio.

A loja no Rio Sul também vai apresentar um conceito de arquitetura guiado pelo design circular e que aposta em certificações eco friendly, como LEED e BREEAM. A fachada será permeável e terá nível de transparência que permite maior visualização entre a área externa e o interior. O ambiente interno contará com biofilia (uso de plantas e elementos naturais) e o mobiliário será produzido com materiais recicláveis, incluindo os manequins e os caixas.

A loja-modelo também contará com um espaço dedicado a iniciativas circulares, com destaque para os produtos do Selo Re, que geram menor impacto ambiental em seu processo produtivo, e para os serviços de logística reversa pós-consumo disponibilizados pela Renner. A unidade dará visibilidade a iniciativas do ciclo digital da Renner, que vêm sendo implementadas para melhorar a experiência de compra e qualificar o relacionamento com os consumidores.

Outras iniciativas

Desde 2014 as lojas da Renner seguem padrões de responsabilidade ambiental guiados pela certificação internacional para construções sustentáveis LEED. Em 2016, a varejista passou a neutralizar 100% das suas emissões de CO2. Além disso, está ampliando o consumo de energia proveniente de fontes renováveis de baixo impacto.

Desde 2017, a marca também comercializou mais de 130 milhões de peças do Selo Re, confeccionadas com matérias-primas como o algodão e a viscose responsáveis, a poliamida biodegradável e o fio reciclado, além de técnicas como o upcycling e processos que garantem menor uso de água.

Por sua vez, o EcoEstilo, programa de logística reversa da Renner, já coletou cerca de 155 toneladas de itens descartados pelos clientes nas lojas, entre embalagens, frascos e peças de roupa. Em 2020 a marca iniciou uma parceria com o brechó online Repassa, com o objetivo de aumentar as possibilidades de serviços relacionados à circularidade, ampliando o ciclo de uso do produto e complementando seu programa de logística reversa.

Redação – 15/06/21 – (mercadoeconsumo.com.br)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s