Pesquisa por voz: o seu e-commerce está pronto para esse público?

A pesquisa por voz, ou voice search, é uma tendência que vem ganhando cada vez mais espaço na nossa rotina e que se potencializou, principalmente, durante a pandemia. Vários estudos comprovam essa nova maneira de buscar por algo na internet. Um deles, realizado em outubro do ano passado, apontou que 87% dos entrevistados já haviam usado algum assistente virtual comandado por voz. Mais do que isso, o estudo mostrou que o uso de assistentes teve um salto de 47% no Brasil durante a pandemia.

Quase metade dos entrevistados respondeu que utiliza essa tecnologia semanalmente, sendo que uma em cada cinco pessoas usa diariamente. Oura sugestão trazida pelo estudo é que trata-se de um hábito que veio para ficar. No caso, o dado chega a partir do resultado de que 74% dos participantes relataram que usar a voz para buscar ou se informar de algo é uma experiência positiva.

Em resumo, a pesquisa por voz está crescendo e os usuários estão cada vez mais satisfeitos em encontrar o que procuram com uma ação simples: falando. Portanto, representa uma importante mudança no comportamento dos consumidores na hora de adquirir um produto, por exemplo — e as marcas precisam estar atentas a esses movimentos e ao chamado Voice Commerce.

Nesse caso, um dos movimentos importantes e essenciais é repensar e adequar as estratégias de SEO em prol da pesquisa por voz. A utilização de termos mais populares e o foco em perguntas são dois pontos bem importantes. Afinal, os usuários tendem a usar uma linguagem mais natural na hora de fazer as suas buscas, o que beneficia resultados de cauda longa.

Usando a voz, o usuário tende a fazer uma pergunta, ao invés de usar palavras-chave soltas. Por exemplo: em vez de pesquisar por “fritadeira air fryer”, ele pergunta “qual a melhor fritadeira air fryer?”. Ou, até mesmo, “onde comprar fritadeira air fryer em São Paulo?”.

Por isso, pense no texto como uma conversa com o usuário. As headings devem ser em forma de interrogação e as respostas devem ser claras, simples e bem objetivas. Uma ferramenta que pode ajudar é a answerthepublic.com, onde você digita uma palavra-chave e ela apresenta várias perguntas relacionadas.

Outro ponto relevante é o featured snippets (ou posição zero do Google). Neste caso, são aqueles resultados especiais que ficam à frente dos links melhores ranqueados. Uma pesquisa da Backlinko, que traz ótimos insights sobre esse tema, mostrou que 40% dos resultados de pesquisas por voz chegam de uma página que aparece na posição zero.

Esse resultado é uma oportunidade para se posicionar com uma resposta direta e relevante em uma posição de destaque, acima inclusive da tão desejada 1ª posição do Google. Atualmente, existe uma discussão se o Google não “rouba” o tráfego dos sites ao exibir parte do conteúdo na SERP sem necessariamente gerar cliques para a página em questão.

Embora haja esse debate, percebemos que a exposição é tão grande que o volume de cliques aumenta bastante quando conseguimos essa posição nos resultados.

O featured snippet geralmente apresenta textos mais objetivos e diretos para o usuário. Ou seja, se torna uma fonte de busca para respostas de pesquisas por voz. Adaptar o seu conteúdo para aparecer nessa posição deve ser um foco se o seu objetivo é estar entre os resultados para esse tipo de pesquisa.

Muitas empresas já estão adaptando o negócio para acompanhar essa mudança de comportamento dos seus clientes. Um estudo Adobe Analytics revelou que 66% das empresas entrevistadas concordam que a voz pode impulsionar a conversão e aumentar a receita. Além disso, 71% delas acreditam que esse recurso melhora a experiência do usuário.

O reflexo disso é que, seja qual for o nicho do seu negócio, é preciso se atualizar e buscar otimizar as suas tecnologias e conteúdos para atrair esse público. Afinal, quem ficar de fora poderá perder grandes oportunidades de aumentar a presença no mercado. O seu e-commerce está pronto para atender às necessidades de pesquisa por voz desses usuários? Essa é a grande pergunta que deve ser feita.

por Anderson Fagundes, 11 de junho de 2021 – https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/pesquisa-por-voz-no-e-commerce/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s