O papel das redes sociais na conexão entre marcas e a Geração Z

A força das redes sociais e plataformas de conteúdo tem exigido, cada vez mais, não só a presença das empresas nesses ambientes, mas, principalmente, o aumento da interatividade com o usuário. A conexão de conteúdo com uma comunidade está aproximando consumidores e marcas de uma forma que busca a naturalidade, com empatia e fluidez.

O mercado de marketing digital passa por intensas transformações. A interação com as pessoas é um dos pontos mais importantes para se levar em consideração na busca por resultados. Como a minha marca conversa e se conecta diretamente com determinado público? É preciso saber identificar as oportunidades, criar conteúdos envolventes e personalizar a comunicação.

O TikTok, um dos aplicativos mais acessados do mundo e plataforma de entretenimento de interesse da Geração Z (que engloba os nascidos a partir da segunda metade da década de 1990), é um exemplo de oportunidade para que as empresas possam dialogar diretamente com os nativos digitais, de forma leve e descontraída. Um dado da plataforma MindMiners, responsável por realizar pesquisas digitais, comprova a expressividade do aplicativo no Brasil. Quase 40% das 5.927 pessoas que participaram da pesquisa – homens e mulheres, entre 18 e 70 anos, das classes ABCDE – usam o TikTok em seus smartphones. Ainda segundo a plataforma, o aplicativo é utilizado, em média, duas vezes por semana.

Entre os brasileiros considerados “Tech Savvy”, ou seja, pessoas que dizem entender e se interessar  por tecnologia e estão sempre ligadas no tema, houve um aumento de dois pontos percentuais em relação ao uso do aplicativo. No último trimestre do ano passado, 35% tinham o TikTok instalado. No primeiro trimestre deste ano, o total passou a 37%.

Pode parecer simplório, mas aderir ao mais novo desafio da rede social, que acaba engajando milhares de pessoas em diversas partes do planeta, faz toda a diferença no posicionamento de uma marca ao mostrar o quanto estamos de olho naquilo que agrada ao público. Mostra não só que sua marca está atualizada e quer interagir com seu público, mas também como está aberta ao diálogo. É preciso ter agilidade para conseguir aproveitar e se inserir em assuntos do momento e, como essas oportunidades aparecem o tempo todo nas redes sociais, esses micro-momentos permitem ampliar e reverberar o alcance de algumas mensagens, se bem aproveitados.

Se antes as marcas criavam todas as conversas com seus consumidores, hoje elas podem entrar nas conversas que já existem ou co-criar conversas com seu público. E é aí que cria-se uma espécie de elo virtual entre marca, conteúdo e usuário. Isso porque as tecnologias disponíveis em certos produtos podem ser amplamente exploradas no TikTok. Se pensarmos em smartphones, por exemplo, é possível utilizar uma série de recursos e efeitos para chamar atenção do usuário, já que a principal funcionalidade do aplicativo é gerar vídeos curtos. É uma plataforma que exalta a necessidade da criação de campanhas que se conectem diretamente com o target escolhido, por meio do uso de linguagens simples e diretas.

É claro, também, que os valores e a identidade da marca devem ser pilares fundamentais da estratégia no momento de elaborar e produzir conteúdos.  É necessário saber equilibrar as vozes do TikTok com a identidade da empresa, a partir de propostas que se conectem de maneira natural com o usuário. Precisamos sempre nos colocar no lugar do consumidor e entender ao máximo como será essa troca de experiências.

Interativa, extremamente dinâmica e altamente capilarizada. Assim é o fluxo das redes sociais. Em um mundo cada vez mais conectado, fato é que torna-se imprescindível aproveitar as ferramentas disponíveis nessas plataformas para idealizar ações que levem em consideração as particularidades de cada uma, do público-alvo e, ainda, do perfil dos influenciadores. É preciso estar de olho para não perder grandes oportunidades de se comunicar e interagir com consumidores cada vez mais exigentes e conectados.

Juliano Fortini – 17/05/21 – https://www.meioemensagem.com.br/home/opiniao/2021/05/17/o-papel-das-redes-sociais-na-conexao-entre-marcas-e-a-geracao-z.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s