Com o Mesh, da Microsoft, você vira holograma e se teletransporta

A promessa da empresa é tornar a realidade mista e as interações remotas por ela permitidas mais realistas do que nunca

Anúncio Mesh, da Microsoft (Crédito: Reprodução)

Aqui pode ser qualquer lugar. 

Essa é uma afirmação curiosa, que podemos interpretar de inúmeras formas. Por exemplo, com um celular, posso estar em um lugar e, ao mesmo tempo, poder me conectar com tantos outros, sem sair daqui. A própria internet faz o nosso aqui ser qualquer lugar, confere?

Mas a Microsoft levou um pouquinho mais adiante esse conceito e, através do seu Mesh, passa a nos dar a possibilidade de sermos teletransportados para outras partes, como hologramas. E assim, lá passa ser aqui. E o aqui passa a ser então … bem … qualquer lugar.

Muito cabeça? Nem tanto.

Usando os óculos HoloLens 2 da companhia, você pode estar no seu escritório em São Paulo, ao mesmo tempo, interagir através de um holograma de você mesmo com seus colegas no escritório da empresa em Londres, por exemplo.

É um recurso de mixed reality, em que a realidade virtual se mistura com a realidade, digamos, real.

A promessa da empresa é tornar a realidade mista e as interações remotas por ela permitidas mais realistas do que nunca, através de hologramas

Hologramas, todos conhecemos, são aquelas imagens em 3D projetadas no ar, em que vemos Luke Skywalker conversando com mestre Yoda. 

A maior barreira para a companhia transformar essa plataforma em mainstream é o preço proibitivo para a maioria das pessoas do HoloLens 2. 

Mas o Mesh, assegura a empresa, também poderá ser executado através de um celular comum, tablet, PC ou fone de ouvido de realidade virtual. Ele fica na plataforma de computação em nuvem da Microsoft, a Azure, e pode assim ser acessado remotamente por esses devices.

Ao site The Verge, o criador do Mesh, o já lendário Alex Kipman, Microsoft Technical Fellow e inventor do Kinect . “Você pode realmente sentir que está no mesmo lugar com alguém compartilhando conteúdo ou pode se teletransportar de diferentes dispositivos de realidade mista e estar presente com as pessoas, mesmo quando não estão fisicamente juntos.” 

Em sua palestra no Ignite, evento da companhia que lançou o Mesh, o CEO da Microsoft Satya Nadella observou o potencial da invenção para aproximar as pessoas, comparando-a ao Xbox Live, uma plataforma de distribuição de mídia digital e jogos multiplayer online que a empresa lançou em 2002. “Pense no que o Xbox Live fez pelos jogos. Passamos de um jogador para um multijogador, criando comunidades que ajudam as pessoas a se conectar e ter sucesso juntas ”, disse ele. “Agora, imagine se a mesma coisa acontecesse com a realidade mista.”

É, de fato, um avanço bem legal.

19 de março de 2021 – Pyr Marcondes – https://www.proxxima.com.br/home/proxxima/blog-do-pyr/2021/03/19/com-o-mesh-da-microsoft-voce-vira-holograma-e-se-teletransporta.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s