Culturas híbridas

Entrada (P.13-25)
O autor inicia com uma pergunta: “Quais são, nos anos 90, as estratégias para entrar na modernidade e sair dela?”,(p. 13). Ele explica que existem “diferentes concepções que a economia, a política e a cultura têm da modernidade”, (p.13)
Na sequência ele diz que “a primeira hipótese deste livro é que a incerteza em relação ao sentido e ao valor da modernidade deriva não apenas do que separa nações, etnias e classes, mas também dos cruzamentos socioculturais em que o tradicional e o moderno se misturam.” (p. 14) OU SEJA, ELE FALA DA IMPORTANCIA DO ESTUDO DOS CRUZAMENTOS SOCIOCULTURAIS, E A QUESTAO DO HIBRIDISMO ENTRE MODERNO E TRADICIONAL, ele traz vários exemplos, entre eles de um artesanato em um catalogo de arte de vanguarda
“a segunda hipótese é que o trabalho em conjunto dessas disciplinas [história da arte, literatura, folclore, antropologia e comunicação] pode gerar outro modo de conceber a modernização latino-americana: […] como as tentativas de renovação com que diversos setores se encarregam da heterogeneidade multitemporal de cada nação.” (P. 15)
“Uma terceira linha de hipótese sugere que esse olhar transdisciplinar sobre os circuitos híbridos tem consequências que extrapolam a investigação cultural.” (p. 15)

TRES QUESTOES: (p. 15)

  1. como estudar as culturas híbridas que constituem a modernidade
  2. como reunir os saberes das disciplinas que se ocupam da cultura
  3. o que fazer? A modernidade é uma mescla de memória que é heterogênea e inovações que são truncadas

CANCLINI, Néstor G. Culturas híbridas. Estrategias para entrar y salir de la modernidad. México. CNCA/ Grijalbo: 1989. Entrada (P.13-25)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s