6 casos em que as vending machines foram máquinas de marketing para a Coca-Cola

28 de Agosto de 2017  

as

A Coca-Cola é uma das principais entusiastas das vending machines, por isso ela é uma das empresas que mais têm unidades à disposição dos clientes e busca com frequência formas   inusitadas de viabilizar esse modelo de consumo. Antenada com o que acontece de mais moderno pelo mundo, a companhia criou recentemente uma máquina que por meio de uma “nuvem” global e inteligência artificial permite comprar refrigerantes para qualquer pessoa do mundo pelo smartphone.

Para mostrar como a marca transforma seus aparelhos em criativas máquinas de marketing, separamos outros cinco cases:

Máquina do abraço

Já imaginou ganhar um refrigerante apenas com um abraço? Pois essa foi a ideia da Coca-Cola em Cingapura. Na máquina, a frase “Me Abrace” ocupava o lugar do logo da marca e convidava as pessoas que estivessem passando a dar abraços.

Máquina da felicidade

Nesta máquina instalada em uma escola nos Estados Unidos, a pessoa que passasse por ela e comprasse uma Coca-Cola recebia além da bebida, brindes como mais refrigerantes, sanduíches e até mesmo coisas inesperadas, como flores e bichos de bexiga.

Máquina da Gratidão

A mecânica de funcionamento é simples. O consumidor escolhe uma das três versões da garrafa de alumínio comemorativa com imagem do famoso urso e deposita no equipamento para começar a interação. A partir daí, o consumidor escolhe a quem vai presentar e grava o vídeo personalizado com vários filtros especiais de Natal.

Máquina da viagem para Ibiza

Basicamente, a marca instalou uma vending machine no centro da cidade que conversava com os pedestres. Aqueles que paravam para lhe dar atenção eram convidados para participar de uma festa que acontecia naquele mesmo momento no Ushuaia Ibiza Beach Hotel, localizado na badalada ilha espanhola de Ibiza.

Máquina da união entre Milan e Inter

A marca desenvolveu a “Fair Play Machines”, máquinas instaladas nos arredores do estádio San Siro e criadas pela McCann de Milão. Elas continham um botão e um visor. Na tela, os torcedores conseguiam ver e ouvir os rivais passando do outro lado do estádio. “Compartilhe uma Coca com um torcedor do Inter”, dizia o botão na vending machine do lado milanista. A mesma máquina pedia o contrário para os torcedores do Inter de Milão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s